Divulgar idéias próprias, combater o discurso invertido corrente, aprender a dividir, expor sentimentos,
trazer poesia ao dia-a-dia, eis a abrangente ação deste veículo de idéias. De tudo, um pouco - minha meta.
 

online


envie-me um



Links:

Imagens e Palavras
Sub Rosa v.2
Meg
Xico
Cora Ronai
Flavia
Divagando
Carminha
Subrosa
Claudio Rubio
Lou
Laurinha
Matusca
Suely
Claudia Letti
Aninha Pontes
Valter Ferraz
Telinha
Giniki
Teruska
Helo
Fal
Dudi
Fer
Lord Broken Pottery
Nelson da praia
Marco
Arquimimo
Angela Scott
Dauro
Bia Badaud
Angela do Mexico
Andre Machado
Aurea Gouvea
Ruth Mezeck
Ronize Aline
Ane Aguirre
Elis Monteiro
Cath
Wumanity
Telhado de Vidro
Beth
Milton Ribeiro
Stella
Veronica
Renata
Lucia
Thata
Zadig
Lamenha
annemsens
Cesar Miranda
Paulo Jose Miranda
Eiichi
Li Stoducto Stella Ramos Santos





Arquivos
Junho 2002
Julho 2002
Agosto 2002
Setembro 2002
Outubro 2002
Novembro 2002
Dezembro 2002
Janeiro 2003
Fevereiro 2003
Março 2003
Abril 2003
Maio 2003
Junho 2003
Julho 2003
Agosto 2003
Setembro 2003
Outubro 2003
Novembro 2003
Dezembro 2003
Janeiro 2004
Fevereiro 2004
Março 2004
Abril 2004
Maio 2004
Junho 2004
Julho 2004
Agosto 2004
Setembro 2004
Outubro 2004
Dezembro 2004
Janeiro 2005
Fevereiro 2005
Março 2005
Abril 2005
Maio 2005
Junho 2005
Julho 2005
Agosto 2005
Setembro 2005
Outubro 2005
Novembro 2005
Dezembro 2005
Janeiro 2006
Fevereiro 2006
Abril 2006
Maio 2006
Junho 2006
Julho 2006
Agosto 2006
Setembro 2006
Dezembro 2006
Janeiro 2007
Fevereiro 2007
Maio 2007
Junho 2007
Julho 2007
Agosto 2007
Setembro 2007




Design de
Rossana Fischer










31.7.05
 
Gato de Ademir Martins






Hoje é dia de Cora, grande dia! E, como tal, devemos a ela um cardápio felino.
Falo sério, gente! Seriíssimo!
Por quê?
Vocês vão ver quanta gente importante pensou o gato:


"O gato é o único animal que conseguiu domesticar o homem."
( Mauss )

"O gato é um ser essencialmente livre e essa liberdade desafia o homem."
( Nise da Silveira )

"O gato possui beleza sem vaidade, força sem insolência, coragem sem ferocidade, todas as virtudes do homem sem vícios."
( Lord Byron )

"É preciso absolutamente pintar gatos!"
( Renoir )

"O homem é civilizado na medida em que compreende o gato."
( George Bernard Shaw )

"Meu jovem... se desejas escrever sobre seres humanos, a melhor coisa é ter um casal de gatos."
( Aldous Huxley )

"É fácil entender por que os gatos despertam sentimentos de antipatia nas pessoas. Um gato se mostra sempre bonito; sugestionando idéias de luxo, limpeza, e prazeres voluptuosos."
( Charles Baudelaire )

"Não importa o quanto os gatos briguem, eles sempre parecem um bando de filhotes."
( Abraham Lincoln )

"Eu estudei muitos filósofos e muitos gatos. A sabedoria dos gatos é infinitamente superior."
( Hippolyte Taine )

"Observe um gato quando entra em um quarto pela primeira vez. Procura cheiros, não fica quieto um momento, não confia em nada até que examinou e travou conhecimento com tudo."
( Jean-Jaques Rousseau )

"Devo aos gatos o poder da honrosa dissimulação, um grande autocontrole, e a instintiva aversão por ruídos e a necessidade de me calar durante largos períodos."
( Colette )

"Prefiro os gatos aos cães porque não há gatos policiais."
( Jean Cocteau )

"O cão é a prosa, o gato a poesia."
( Jean Burdeu )


"Aos olhos de um gato, todas as coisas lhe pertencem."
( provérbio inglês )

E aí, Cora? Fica pra você a prova da importância do gato por escritores e filósofos corroborando com sua paixão pelos felinos. Vale como homenagem? Singela, é verdade, mas tem tudo a ver com você.

VIVA CORA! VIVA CORA! FELICIDADES!

publicado por Magaly Magalhães às 7:05 PM
18.7.05
 
O poema concreto de Augusto Campos

*POESIA-CONCRETA: TENSÃO DE PALAVRAS-COISAS NO ESPAÇO-TEMPO*

ROSA PARA GERTRUDE(1988)


REFLE(E)


PSIU(1965)

*O poeta concreto vê a palavra em si mesma - campo magnético de possibilidades - como um objeto dinâmico, uma célula viva, um organismo completo, com propriedades psicofisicoquímicas tacto antenas circulação coração: viva.

Longe de procurar evadir-se da realidade ou iludi-la, pretende a poesia concreta, contra a introspecção autodebilitante e contra o realismo simplista e simplório, situar-se de frente para as coisas, aberta, em posição de realismo absoluto.* (A.C.)

publicado por Magaly Magalhães às 11:49 PM
7.7.05
 
Homenagem a João Antônio Büherer

João Antonio Büherer, autor do festejado blog Grafolalia , é o nosso homenageado de hoje. Comemoramos a passagem de seu aniversário com grande entusiasmo pelo muito que ele tem produzido em todas as áreas em que atua com seu espírito lúcido e seu pendor para atividades em áreas diversificadas.
Livros, revistas, diários, gravuras antigas, fotomontagens são algumas das predileções deste homem que, podemos dizer, é um posto avançado de cultura, um verdadeiro museólogo, talvez o maior colecionador de edições raras do cone sul. Voltado para tudo que é manifestação artística, ele lida com música, cinema, literatura, publicidade, contribuindo sempre para o enriquecimento da arte de divulgar com excelência, como figura riquíssima de jornalista que é. Admirador de Gandhi e de Jorge de Lima, fã dos Rolling Stones e dos Irmãos Marx, apologista do inesquecível Henfil, João é um blogueiro consciente e de imensas potencialidades.
Vamos assim, abraçar o livreiro e blogueiro João, celebrar seu regresso, desejar-lhe permanente sucesso profissional e constante paz em sua vida afetiva. Parabéns, João, a blogosfera o prestigia neste dia bonito do seu aniversário.

Com sua licença, João, vou a seu blog e comentários. Achei o que queria evidenciar:
O Grafolalia é um território livre, de todos. Uma República Independente do Traço: a Grafolândia, esperando suas imagens. "Leve" beleza! O seu traço. Obrigado.

João diz num recente comentário:
Uma das minhas curtições é a fotomontagem. Recorto tudo quanto é foto. A tesoura e o estilete não saem das minhas mãos, e aí faço estas toscas brincadeiras, como por exemplo botar a cabeça do auto-retrato da Tarsila na tela A Negra.




Que lindo preito à pintora!

Outras curtições:








Paro aqui, João. Pelos seus méritos, este post não acabaria tão cedo. Abraços da blogosfera em peso. FELICIDADES!

publicado por Magaly Magalhães às 10:41 AM