Divulgar idéias próprias, combater o discurso invertido corrente, aprender a dividir, expor sentimentos,
trazer poesia ao dia-a-dia, eis a abrangente ação deste veículo de idéias. De tudo, um pouco - minha meta.
 

online


envie-me um



Links:

Imagens e Palavras
Sub Rosa v.2
Meg
Xico
Cora Ronai
Flavia
Divagando
Carminha
Subrosa
Claudio Rubio
Lou
Laurinha
Matusca
Suely
Claudia Letti
Aninha Pontes
Valter Ferraz
Telinha
Giniki
Teruska
Helo
Fal
Dudi
Fer
Lord Broken Pottery
Nelson da praia
Marco
Arquimimo
Angela Scott
Dauro
Bia Badaud
Angela do Mexico
Andre Machado
Aurea Gouvea
Ruth Mezeck
Ronize Aline
Ane Aguirre
Elis Monteiro
Cath
Wumanity
Telhado de Vidro
Beth
Milton Ribeiro
Stella
Veronica
Renata
Lucia
Thata
Zadig
Lamenha
annemsens
Cesar Miranda
Paulo Jose Miranda
Eiichi
Li Stoducto Stella Ramos Santos





Arquivos
Junho 2002
Julho 2002
Agosto 2002
Setembro 2002
Outubro 2002
Novembro 2002
Dezembro 2002
Janeiro 2003
Fevereiro 2003
Março 2003
Abril 2003
Maio 2003
Junho 2003
Julho 2003
Agosto 2003
Setembro 2003
Outubro 2003
Novembro 2003
Dezembro 2003
Janeiro 2004
Fevereiro 2004
Março 2004
Abril 2004
Maio 2004
Junho 2004
Julho 2004
Agosto 2004
Setembro 2004
Outubro 2004
Dezembro 2004
Janeiro 2005
Fevereiro 2005
Março 2005
Abril 2005
Maio 2005
Junho 2005
Julho 2005
Agosto 2005
Setembro 2005
Outubro 2005
Novembro 2005
Dezembro 2005
Janeiro 2006
Fevereiro 2006
Abril 2006
Maio 2006
Junho 2006
Julho 2006
Agosto 2006
Setembro 2006
Dezembro 2006
Janeiro 2007
Fevereiro 2007
Maio 2007
Junho 2007
Julho 2007
Agosto 2007
Setembro 2007




Design de
Rossana Fischer










30.6.02
 
Olá, amigos, cá estou em expectativa. Amanhã, dia da decisão. A maioria dos brasileiros conta com o penta, malgrado a força negativa que emana de nosso vizinho geográfico que, mordido de despeito, lança a seguinte maldição: " Oxalá se quebrem os espelhos do vestiário. Que corvos sobrevoem a concentração brasileira. Ao irem para o campo, que passem por debaixo de uma escada. Que se levantem todos com o pé esquerdo. Que caia sal nas mãos de Marcos. Que o último a cobrar o pênalti seja o Belletti, o número 13 !"
Seqüência de pérolas publicada no jornal argentino "OLÉ", ao lado da foto de uma mão fazendo o símbolo que representa o chifre do diabo: entre o dedo indicador que se estilhaça ao meio e o dedo mínimo, navega a bola refletindo a imagem da bandeira brasileira.
Faço eco ao que o articulista Ancelmo Góis de "O Globo" afirma com grande propriedade: "Realmente, a INVEJA é uma droga.


Interessante é que fui tomada de um sentimento de tristeza ou pena quando da derrota da Argentina para a Alemanha. De tal modo que deletava de minha máquina toda mensagem de mofa contra o time vizinho. Repugnava-me tripudiar sobre a momentânea fragilidade do futebol argentino. Por isso, senti-me atingida com a manifestação acima relatada.


Falar fora de futebol hoje, não dá mesmo. Vamos à conclusão do poema de Cecília para amenizar as tensões, mesmo que ela não esteja falando de sentimentos positivos. Mas é com tal delicadeza e sensibilidade que ela lida com humores e sentimentos que a leitura de seus poemas nos deixa uma sensação de bem-estar indefinível.

"Meu coração, coisa de aço,
começa a achar um cansaço
esta procura de espaço
para o desenho da vida.
Já por exausta e descrida
não me animo a um breve traço:
--saudosa do que não faço
--do que faço, arrependida.


Até o próximo encontro e
VIVA O BRASILSILSILSILSIL!!!!!!




publicado por Magaly Magalhães às 12:40 AM
Comments:
<$BlogCommentBody$>
<$BlogCommentDeleteIcon$> (0) comments
Postar um comentário