Divulgar idéias próprias, combater o discurso invertido corrente, aprender a dividir, expor sentimentos,
trazer poesia ao dia-a-dia, eis a abrangente ação deste veículo de idéias. De tudo, um pouco - minha meta.
 

online


envie-me um



Links:

Imagens e Palavras
Sub Rosa v.2
Meg
Xico
Cora Ronai
Flavia
Divagando
Carminha
Subrosa
Claudio Rubio
Lou
Laurinha
Matusca
Suely
Claudia Letti
Aninha Pontes
Valter Ferraz
Telinha
Giniki
Teruska
Helo
Fal
Dudi
Fer
Lord Broken Pottery
Nelson da praia
Marco
Arquimimo
Angela Scott
Dauro
Bia Badaud
Angela do Mexico
Andre Machado
Aurea Gouvea
Ruth Mezeck
Ronize Aline
Ane Aguirre
Elis Monteiro
Cath
Wumanity
Telhado de Vidro
Beth
Milton Ribeiro
Stella
Veronica
Renata
Lucia
Thata
Zadig
Lamenha
annemsens
Cesar Miranda
Paulo Jose Miranda
Eiichi
Li Stoducto Stella Ramos Santos





Arquivos
Junho 2002
Julho 2002
Agosto 2002
Setembro 2002
Outubro 2002
Novembro 2002
Dezembro 2002
Janeiro 2003
Fevereiro 2003
Março 2003
Abril 2003
Maio 2003
Junho 2003
Julho 2003
Agosto 2003
Setembro 2003
Outubro 2003
Novembro 2003
Dezembro 2003
Janeiro 2004
Fevereiro 2004
Março 2004
Abril 2004
Maio 2004
Junho 2004
Julho 2004
Agosto 2004
Setembro 2004
Outubro 2004
Dezembro 2004
Janeiro 2005
Fevereiro 2005
Março 2005
Abril 2005
Maio 2005
Junho 2005
Julho 2005
Agosto 2005
Setembro 2005
Outubro 2005
Novembro 2005
Dezembro 2005
Janeiro 2006
Fevereiro 2006
Abril 2006
Maio 2006
Junho 2006
Julho 2006
Agosto 2006
Setembro 2006
Dezembro 2006
Janeiro 2007
Fevereiro 2007
Maio 2007
Junho 2007
Julho 2007
Agosto 2007
Setembro 2007




Design de
Rossana Fischer










30.1.03
 
"Combinando uma usina de percussão com violão eletrificado e letras inspiradas na poesia dos emboladores e nas profecias do sertão...", o grupo pernambucano Cordel do Fogo Encantado surge como um fenômeno no cenário musical, não só no Brasil como na Europa, lotando as casas de show de qualquer percurso. Criado em 1997, em 1999, lançava seu disco (independente e homônimo) de estréia, alcançando um total de venda de 20 mil cópias. Lança agora seu segundo disco -"O palhaço do Circo sem Futuro" - com o mesmo sucesso. O Teatro Rival acabou de recebê-lo para duas apresentações, domingo (26 / 01)e terça-feira (28 d / 01), ocasiões em que teve seu espaço lotado por um público cheio de entusiasmo.
Segredo de sua sedução : o grupo sabe transformar em universal o que é regional. Seus talentosos músicos são o violonista Clayton Barros, o letrista e vocalista Lirinha e os percussionistas Emerson Calado, Henrique e Rafa Almeida que elaboram muito bem o clima apocalíptico característico da música sertaneja nordestina.

.Só para vocês sentirem o gostinho do produto oferecido, vai um trecho de "A Árvore dos Encantados" :

Escuto
O trovão que escapou
As ladainhas das mulheres secas
Herdeiros do fim do mundo
Isso não é real
Não
I

Informações tiradas do artigo de Bruno Porto em O Globo de terça-feira passada, dia 28 / 01/03.

------ xxx------

Estou com Míriam Leitão quando encabeça seu artigo "Sem Comparação" em Panorama Econômico de O Globo de hoje (30 /01)
nestes termos :
"O presidente Lula teria dito que não se pode permitir que a Constituição venezuelana seja rasgada; do contrário, a próxima será a brasileira. O conflito lá não é entre os defensores da Constituição e os golpistas. Não há paralelo entre o que acontece lá e aqui .Os presidentes Chávez e Lula têm histórias diferentes. A identificação entre os dois é forçada e prejudicial ao Brasil."

Num texto inteligente, marca desta colunista da área econômica, que discorre com competência e propriedade sobre os mais variados assuntos da política econômica, ela aponta as razões pelas quais não se pode e não se deve fazer a tal identificação entre as duas personalidades, dando uma mostra convincente de que o conhecimento dos fatos aliado a uma capacidade de análise minuciosa das circunstâncias que envolvem cada situação é um bom indicador de maturidade política. Muito bem, Míriam.

-------xxx--------






publicado por Magaly Magalhães às 5:04 PM
Comments:
<$BlogCommentBody$>
<$BlogCommentDeleteIcon$> (0) comments
Postar um comentário