Divulgar idéias próprias, combater o discurso invertido corrente, aprender a dividir, expor sentimentos,
trazer poesia ao dia-a-dia, eis a abrangente ação deste veículo de idéias. De tudo, um pouco - minha meta.
 

online


envie-me um



Links:

Imagens e Palavras
Sub Rosa v.2
Meg
Xico
Cora Ronai
Flavia
Divagando
Carminha
Subrosa
Claudio Rubio
Lou
Laurinha
Matusca
Suely
Claudia Letti
Aninha Pontes
Valter Ferraz
Telinha
Giniki
Teruska
Helo
Fal
Dudi
Fer
Lord Broken Pottery
Nelson da praia
Marco
Arquimimo
Angela Scott
Dauro
Bia Badaud
Angela do Mexico
Andre Machado
Aurea Gouvea
Ruth Mezeck
Ronize Aline
Ane Aguirre
Elis Monteiro
Cath
Wumanity
Telhado de Vidro
Beth
Milton Ribeiro
Stella
Veronica
Renata
Lucia
Thata
Zadig
Lamenha
annemsens
Cesar Miranda
Paulo Jose Miranda
Eiichi
Li Stoducto Stella Ramos Santos





Arquivos
Junho 2002
Julho 2002
Agosto 2002
Setembro 2002
Outubro 2002
Novembro 2002
Dezembro 2002
Janeiro 2003
Fevereiro 2003
Março 2003
Abril 2003
Maio 2003
Junho 2003
Julho 2003
Agosto 2003
Setembro 2003
Outubro 2003
Novembro 2003
Dezembro 2003
Janeiro 2004
Fevereiro 2004
Março 2004
Abril 2004
Maio 2004
Junho 2004
Julho 2004
Agosto 2004
Setembro 2004
Outubro 2004
Dezembro 2004
Janeiro 2005
Fevereiro 2005
Março 2005
Abril 2005
Maio 2005
Junho 2005
Julho 2005
Agosto 2005
Setembro 2005
Outubro 2005
Novembro 2005
Dezembro 2005
Janeiro 2006
Fevereiro 2006
Abril 2006
Maio 2006
Junho 2006
Julho 2006
Agosto 2006
Setembro 2006
Dezembro 2006
Janeiro 2007
Fevereiro 2007
Maio 2007
Junho 2007
Julho 2007
Agosto 2007
Setembro 2007




Design de
Rossana Fischer










5.2.03
 
Por acaso, vocês já guglaram hoje? Não acredito! Nem uma glugada, pelo menos? Uns cinco minutinhos gúglicos , fazem a diferença e como!
É... como diz Carlos Alberto Teixeira, o Cat, "Guglar: um verbo novo no pedaço". Acrescente-se a isso todo o cortejo das palavras cognatas . Sonoras como são, pela incidência de uma consoante gutural repetida em duas sílabas seguidas, mais o efeito de uma consoante molhada acompanhando o segundo g, este neologismo vai causar espécie! Vamos acompanhar sua trajetória.
E leiam o artigo do Cat na íntegra (Informática Etc de segunda-feira passada) .Vejam as previsões que ele faz para o mundo de nossos bisnetos e tetranetos, viajando na novidade de mais uma palavra cunhada nos domínios da Informática.

----------------------------------------------------------------------------------------------

E como vão os fãs de uma certa múmia que decidiu voltar a seu festejado sarcófago? Gostei de ver a recepção. Espero que agora seja pra valer.

-----------------------------------------------------------------------------------------------

Hoje, não visitei ainda os blogs pelos quais passo diariamente. Ontem, estava uma festa .Cada um melhor do que o outro. Flávia na maior performance de blogueira! Garota de valor! Cora acima de comentários. Matusca numa volta triunfal. E Xico e Cláudio e Carminha e Meg e Helenice e... e... e...não dá para enumerar todos, nem visitar todos numa noite só (conto só c/ a noite pra essas andanças). E me sinto feliz. Qualquer dia, paro de postar para ter mais tempo para essa curriola e fico como a Bia Baddaud, visitando, comentando, entrando na vida destes companheiros virtuais com quem aprendi a conviver tão bem.

----------------------------------------------------------------------------------------------------

E já se abeberaram na fonte de suavidade que é uma boa poesia intimista?

MOTIVO

Eu canto porque o instante existe
e a minha vida está completa.
Não sou alegre nem triste:
sou poeta.

Irmão das coisas fugidias,
não sinto gozo nem tormento.
Atravesso noites e dias
no vento.

Se desmorono ou edifico,
se permaneço ou me desfaço,
- não sei, não sei. Não sei se fico
ou passo.

Sei que canto.E a canção é tudo.
Tem sangue eterno a asa ritmada.
E um dia sei que estarei mudo:
- mais nada.

Da sempre consistente e graciosa
Cecília Meireles.

---------------------------------------------------------------------------------------------------------

Assim, sob o efeito tranqüilizante do estro de nossa poetisa maior, desejo bons sonhos a todos. Até logo.


publicado por Magaly Magalhães às 11:45 PM
Comments:
<$BlogCommentBody$>
<$BlogCommentDeleteIcon$> (0) comments
Postar um comentário