Divulgar idéias próprias, combater o discurso invertido corrente, aprender a dividir, expor sentimentos,
trazer poesia ao dia-a-dia, eis a abrangente ação deste veículo de idéias. De tudo, um pouco - minha meta.
 

online


envie-me um



Links:

Imagens e Palavras
Sub Rosa v.2
Meg
Xico
Cora Ronai
Flavia
Divagando
Carminha
Subrosa
Claudio Rubio
Lou
Laurinha
Matusca
Suely
Claudia Letti
Aninha Pontes
Valter Ferraz
Telinha
Giniki
Teruska
Helo
Fal
Dudi
Fer
Lord Broken Pottery
Nelson da praia
Marco
Arquimimo
Angela Scott
Dauro
Bia Badaud
Angela do Mexico
Andre Machado
Aurea Gouvea
Ruth Mezeck
Ronize Aline
Ane Aguirre
Elis Monteiro
Cath
Wumanity
Telhado de Vidro
Beth
Milton Ribeiro
Stella
Veronica
Renata
Lucia
Thata
Zadig
Lamenha
annemsens
Cesar Miranda
Paulo Jose Miranda
Eiichi
Li Stoducto Stella Ramos Santos





Arquivos
Junho 2002
Julho 2002
Agosto 2002
Setembro 2002
Outubro 2002
Novembro 2002
Dezembro 2002
Janeiro 2003
Fevereiro 2003
Março 2003
Abril 2003
Maio 2003
Junho 2003
Julho 2003
Agosto 2003
Setembro 2003
Outubro 2003
Novembro 2003
Dezembro 2003
Janeiro 2004
Fevereiro 2004
Março 2004
Abril 2004
Maio 2004
Junho 2004
Julho 2004
Agosto 2004
Setembro 2004
Outubro 2004
Dezembro 2004
Janeiro 2005
Fevereiro 2005
Março 2005
Abril 2005
Maio 2005
Junho 2005
Julho 2005
Agosto 2005
Setembro 2005
Outubro 2005
Novembro 2005
Dezembro 2005
Janeiro 2006
Fevereiro 2006
Abril 2006
Maio 2006
Junho 2006
Julho 2006
Agosto 2006
Setembro 2006
Dezembro 2006
Janeiro 2007
Fevereiro 2007
Maio 2007
Junho 2007
Julho 2007
Agosto 2007
Setembro 2007




Design de
Rossana Fischer










28.11.03
 








Este é o bottom que remete o leitor a Imagens e Palavras, do SubRosa, onde a Meg está apresentando os semifinalistas do Concurso de Narrativas Breves Haroldo Maranhão. Hoje, então, é a vez da segunda semifinalista que atende pelo pseudônimo de Marly. É necessário acrescentar que das três narrativas apresentadas por Marly, duas foram às finais e uma ficou como semifinalista. Os títulos: Segunda-Feira, Nesse Exato Momento e Talvez.
Transcrevo a primeira:

SEGUNDA-FEIRA


Os gatos acabam de quebrar minhas lindas garrafas de licor, o dinheiro já
acabou e o mês começa hoje, fiz um talho na mão onde cabe um caiaque, a
monografia sobre Saramago não vai nem pela metade, nosso computador tá dando
blue page, o word não fala mais comigo, tenho que fazer tudo em word pad,
minha mãe tá sem um puto, o sistema judicial conspira pra me enlouquecer,
não consigo entrar no blog da Bia, nem nos das Ângelas, nem no da Cora,
roubei Veja do vizinho, quebrei três unhas e a pilha de roupa pra passar tá
com mais de um metro e meio.
Além disso, juro com a mão em qualquer bíblia que a japonesa na minha frente
na fila do caixa fez a menina pesar mexerica por mexerica de um sacão
enorme. E sabe pra quê? (Ah, eu perguntei. Agora você sabe a verdade sobre
mim. Sou do tipo que puxa assunto em fila de supermercado). Sabe pra quê?
Pra ela poder cobrar das empregadas o que elas comerem. Traga uma bíblia que
eu juro. Quando a Ju diz que estamos todos apodrecendo em vida, ela tem
razão.
E depois, a porta do porta-malas que não parava aberta. Daí tive que pôr as
compras dentro do carro com uma mão e segurar a maldita com a outra. Mas
isso já é uma outra história.


Não dá vontade de ler as outras duas? Façam isso
Ou cliquem no botão que encabeça este post.

Vocês podem comentar aqui, mas podem comentar lá no Imagens e Palavras logo em seguida aos três textos exibidos. Podem ainda comentar aqui e lá. Há instruções da Meg no local para orientação dos que gostam de cooperar com uma opinião pessoal
É tudo o que é esperado de vocês, leitores amigos.


Tenho certeza de que vocês vão curtir essas narrativas e esperar ansiosos pelas vindouras.

Até mais.

~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~







publicado por Magaly Magalhães às 12:00 AM
Comments:
<$BlogCommentBody$>
<$BlogCommentDeleteIcon$> (0) comments
Postar um comentário