Divulgar idéias próprias, combater o discurso invertido corrente, aprender a dividir, expor sentimentos,
trazer poesia ao dia-a-dia, eis a abrangente ação deste veículo de idéias. De tudo, um pouco - minha meta.
 

online


envie-me um



Links:

Imagens e Palavras
Sub Rosa v.2
Meg
Xico
Cora Ronai
Flavia
Divagando
Carminha
Subrosa
Claudio Rubio
Lou
Laurinha
Matusca
Suely
Claudia Letti
Aninha Pontes
Valter Ferraz
Telinha
Giniki
Teruska
Helo
Fal
Dudi
Fer
Lord Broken Pottery
Nelson da praia
Marco
Arquimimo
Angela Scott
Dauro
Bia Badaud
Angela do Mexico
Andre Machado
Aurea Gouvea
Ruth Mezeck
Ronize Aline
Ane Aguirre
Elis Monteiro
Cath
Wumanity
Telhado de Vidro
Beth
Milton Ribeiro
Stella
Veronica
Renata
Lucia
Thata
Zadig
Lamenha
annemsens
Cesar Miranda
Paulo Jose Miranda
Eiichi
Li Stoducto Stella Ramos Santos





Arquivos
Junho 2002
Julho 2002
Agosto 2002
Setembro 2002
Outubro 2002
Novembro 2002
Dezembro 2002
Janeiro 2003
Fevereiro 2003
Março 2003
Abril 2003
Maio 2003
Junho 2003
Julho 2003
Agosto 2003
Setembro 2003
Outubro 2003
Novembro 2003
Dezembro 2003
Janeiro 2004
Fevereiro 2004
Março 2004
Abril 2004
Maio 2004
Junho 2004
Julho 2004
Agosto 2004
Setembro 2004
Outubro 2004
Dezembro 2004
Janeiro 2005
Fevereiro 2005
Março 2005
Abril 2005
Maio 2005
Junho 2005
Julho 2005
Agosto 2005
Setembro 2005
Outubro 2005
Novembro 2005
Dezembro 2005
Janeiro 2006
Fevereiro 2006
Abril 2006
Maio 2006
Junho 2006
Julho 2006
Agosto 2006
Setembro 2006
Dezembro 2006
Janeiro 2007
Fevereiro 2007
Maio 2007
Junho 2007
Julho 2007
Agosto 2007
Setembro 2007




Design de
Rossana Fischer










5.3.04
 
O que eu quero que vocês saibam:


Que no próximo domingo, dia 7 de março, vai haver aqui um bolo de aniversário com 77 velinhas e, como não vai dar para eu apagá-las de um sopro só, estou convidando a ”galera” para me ajudar. Não é uma charmosa dobradinha?


Que há um site novo no ar o http://www.andrecampello.com.br, produzido por nosso companheiro de blog, o webdesigner Francisco Pires (http://xicopires.blogspot.com) para o compositor, violonista e professor André Campello (meu filho).


Que uma pesquisa derruba o mito de que os internautas são sedentários e misantropos. “O trabalho, intitulado World Internet Project 2004, é uma compilação de dados sobre o comportamento e os hábitos de 30.000 usuários regulares da internet em 14 países. Ele mostra que os internautas praticam mais exercícios físicos, lêem mais livros e têm uma vida social mais agitada do que aqueles, do mesmo nível sócio-econômico, que não utilizam a rede”.
O Brasil não consta do levantamento, mas os números nacionais disponíveis são semelhantes aos dessa pesquisa da Universidade da Califórnia.(Revista Veja de 3 de março de 2.004).

Que Arnaldo Jabor sabe das coisas direitinho. Quem quiser saber a razão procure ler sua crônica de terça-feira passada (02/03/04), no Segundo Caderno de O Globo.

Que temos pela frente um mundo de coisas a fazer para melhorar a vida dos carentes de oportunidades, de educação, de saúde, de vida útil, de atenção. Cada um a seu modo, dentro de suas possibilidades, dando um pouco de seu tempo, em persistentes tentativas, ou atuando todos juntos, lograríamos melhorar o dia-a-dia de muita gente.




Pra enfeitar meu par de setes no próximo domingo, uma poesia bem linda dessas que sufocam a gente.


CANÇÃO QUASE INQUIETA


De um lado, a eterna estrela,
e do outro a vaga incerta,

meu pé dançando pela
extremidade da espuma,
e meu cabelo por uma
planície de luz deserta.

Sempre assim:
de um lado, estandartes do vento...
- do outro, sepulcros fechados.
E eu me partindo, dentro de mim,
para estar no mesmo momento
de ambos os lados.

Se existe a tua Figura,
se és o Sentido do Mundo,
deixo-me, fujo por ti,
nunca mais quero ser minha!

(Mas, neste espelho, no fundo
desta fria luz marinha,
como dois baços peixes,
nadam meus olhos à minha procura ...
Ando contigo – e sozinha.
Vivo longe - e acham-me aqui ...!)

Fazedor da minha vida,
não me deixes!
Entende a minha canção!
Tem pena do meu murmúrio,
reúne-me em tua mão!

Que eu sou gota de mercúrio,
dividida,
desmanchada pelo chão...

Cecília Meireles

publicado por Magaly Magalhães às 10:22 PM
Comments:
<$BlogCommentBody$>
<$BlogCommentDeleteIcon$> (0) comments
Postar um comentário