Divulgar idéias próprias, combater o discurso invertido corrente, aprender a dividir, expor sentimentos,
trazer poesia ao dia-a-dia, eis a abrangente ação deste veículo de idéias. De tudo, um pouco - minha meta.
 

online


envie-me um



Links:

Imagens e Palavras
Sub Rosa v.2
Meg
Xico
Cora Ronai
Flavia
Divagando
Carminha
Subrosa
Claudio Rubio
Lou
Laurinha
Matusca
Suely
Claudia Letti
Aninha Pontes
Valter Ferraz
Telinha
Giniki
Teruska
Helo
Fal
Dudi
Fer
Lord Broken Pottery
Nelson da praia
Marco
Arquimimo
Angela Scott
Dauro
Bia Badaud
Angela do Mexico
Andre Machado
Aurea Gouvea
Ruth Mezeck
Ronize Aline
Ane Aguirre
Elis Monteiro
Cath
Wumanity
Telhado de Vidro
Beth
Milton Ribeiro
Stella
Veronica
Renata
Lucia
Thata
Zadig
Lamenha
annemsens
Cesar Miranda
Paulo Jose Miranda
Eiichi
Li Stoducto Stella Ramos Santos





Arquivos
Junho 2002
Julho 2002
Agosto 2002
Setembro 2002
Outubro 2002
Novembro 2002
Dezembro 2002
Janeiro 2003
Fevereiro 2003
Março 2003
Abril 2003
Maio 2003
Junho 2003
Julho 2003
Agosto 2003
Setembro 2003
Outubro 2003
Novembro 2003
Dezembro 2003
Janeiro 2004
Fevereiro 2004
Março 2004
Abril 2004
Maio 2004
Junho 2004
Julho 2004
Agosto 2004
Setembro 2004
Outubro 2004
Dezembro 2004
Janeiro 2005
Fevereiro 2005
Março 2005
Abril 2005
Maio 2005
Junho 2005
Julho 2005
Agosto 2005
Setembro 2005
Outubro 2005
Novembro 2005
Dezembro 2005
Janeiro 2006
Fevereiro 2006
Abril 2006
Maio 2006
Junho 2006
Julho 2006
Agosto 2006
Setembro 2006
Dezembro 2006
Janeiro 2007
Fevereiro 2007
Maio 2007
Junho 2007
Julho 2007
Agosto 2007
Setembro 2007




Design de
Rossana Fischer










30.6.05
 


Há precisamente 3 meses e dezenove dias, festejei aqui, na blogosfera, meu aniversário de 78 anos. Mal supunha que receberia parabéns de tantos amigos quantos eram os anos que eu completava. Isso somou à minha vida um encanto todo especial que dura até hoje.
Repleto o sistema de comentário de mensagens de toda forma e tamanho, todas elas recebidas com extremo agrado e entusiasmo, corri a agradecer a todos de uma só vez, o que fiz no próprio Comentários, já que o agradecimento a cada um separadamente tomaria dias e eu queria dar satisfação a todos ao mesmo tempo. Aos poucos, depois, eu me dirigiria a cada um isoladamente. Cheguei a mandar os primeiros e-mails ou escrever comentários no blog de cada companheiro(a)
Acontece que me sobreveio uma fase difícil e passei ausente do blog por algumas semanas. Ao voltar, já estava distante o dia da festinha, eu não havia salvado os primeiros agradecimentos individuais e relaxei querendo me convencer de que todos teriam voltado ao meu Comentários e lido meu agradecimento geral.
Em vão quis esquecer esse tropeço. É muito mais comum não se voltar a ler comentários de posts passados, o que me leva agora a dar-lhes esta explicação.
Vocês devem ter percebido que alasteci o intervalo de um post pra outro; o pessoal do Orkut está de prova que só apareço lá uma vez ou outra para alôs ligeiros, assim como os do Multiply quase não me encontram também.
Meu erro maior: eu deveria ter agradecido em forma de post, mais visível para todo mundo. Faço-o neste exato momento transcrevendo a mensagem deixada em Comentários do post de 7 de março p.p.:

Minha gente!
Ainda estou meio anestesiada com tanta mensagem amorosa! Que lindeza! Eu queria ter certeza de que mereço tanta felicidade como quero dizer que me rendo à delicadeza, à espontaneidade e ao carinho de todos.
Não vou repetir o gasto *obrigada* porque soaria vazio a essa altura; antes quero garantir a vocês que nunca vou esquecer esse encontro tão lindo e pedir a Papai do Céu um pedacinho de céu para cada um de vocês.
Uma profusão de ternos abraços.
Magaly
10/03/05
00:47


Melhor assim. Vou me sentir mais calma, em paz comigo mesma.
Não me queiram menos por isso. Todos vocês me são muito caros.



Blue de Sérgio Fonseca


lábios entreabertos


olhos de afeto
de fome
de riso
de sede
sísmicos


corpos molhados
de mar
de chuva
de suor
de fluidos


palavras táteis
movimentos flute
sensações blue

Obrigada, Sérgio, pelo empréstimo da linda foto e do sugestivo poema.



E aí, galera? Alma lavada e desforrada? Brasil 4 X Argentina 1 É isso aí! Brasiiiiil!

Apanhei na Cora:


publicado por Magaly Magalhães às 12:26 AM
Comments:
<$BlogCommentBody$>
<$BlogCommentDeleteIcon$> (0) comments
Postar um comentário